Home

    Últimas Notícias

    Mais Lidas

    Nota de Falecimento

    A Diretoria do Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil, consternada, comunica o falecimento hoje, dia 02 de julho de 2011, do 2º Tenente R/2 de Artilharia Itamar Franco. O companheiro, desaparecido aos 81 anos, era da turma de 1951 do NPOR do então 1º Grupo do 4º Regimento de Obuses, hoje 4º Grupo de Artilharia de Campanha - Grupo Marquês de Barbacena, em Juiz de Fora, Minas Gerais. O Tenente R/2 Itamar Franco era integrante da Associação dos Oficiais da Reserva do Exército, sediada em Belo Horizonte, filiada ao CNOR.

    O Senador Itamar Augusto Cautiero Franco nasceu no dia 28 de junho de 1930, a bordo de um navio que fazia a rota Salvador/Rio de Janeiro, tendo sido registrado em Salvador. Órfão de pai, que morreu de malária antes de seu nascimento, viveu uma infância pobre em Juiz de Fora, ajudando a mãe a entregar marmitas. Formou-se em engenharia e eletrotécnica pela Escola de Engenharia de Juiz de Fora, em 1955. Foi governador de Minas Gerais, senador durante 16 anos, prefeito de Juiz de Fora por dois mandatos e embaixador do Brasil na Organização dos Estados Americanos (OEA), em Portugal e na Itália.

    Eleito vice-presidente nas eleições de 1989, Itamar Franco tomou posse em 15 de março de 1990 junto com Fernando Collor de Mello, então governador de Alagoas. A chapa foi eleita com 42% dos votos em um segundo turno disputado contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva.

    Após denúncias de corrupção e com a popularidade fragilizada por conta da situação caótica da economia, em função dos sucessivos planos econômicos frustrados e a hiperinflação, em setembro de 1992 o presidente Collor sofreu impeachment em votação no Congresso Nacional. Itamar Franco, então, assumiu a presidência, aos 62 anos, primeiro interinamente, entre outubro e dezembro de 1992. Em 29 de dezembro de 1992, se tornou, efetivamente, presidente da República.

    Como presidente, implantou o Plano Real, que estabilizou a moeda e acabou com a inflação, assinou a Lei dos Genéricos e a Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), que abriu caminho para a criação de programas de transferência de renda.

    Em 21 de maio deste ano, foi diagnosticado sofrer de leucemia. Alguns dias depois se licenciou do Senado a fim de tratar-se da doença no Hospital Albert Einstein . No dia 27 de junho, um boletim médico do hospital divulgou que sua situação tinha se agravado em virtude de uma pneumonia que o levou à UTI. O Tenente R/2 Itamar Franco faleceu nesta manhã.



    LUTO OFICIAL
                 O Presidente do Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil, no uso de suas atribuições estatutárias, RESOLVE decretar, no âmbito das Associações filiadas ao CNOR, LUTO OFICIAL de 5(cinco) dias pelo falecimento, em 02 de julho de 2011, do 2º Tenente R/2 de Artilharia ITAMAR AUGUSTO CAUTIERO FRANCO. À família enlutada, nossas sentidas condolências, extensivas às Associações dos Oficiais da Reserva de Minas Gerais - AOR/EB e AORE/JF.

    Rio de Janeiro, 02 de julho de 2011


    Sérgio Pinto Monteiro - 2º Ten R/2 Art
                 Presidente do CNOR

    Última atualização (Sáb, 02 de Julho de 2011 16:19)

     

    Gen Ésper se despede do CPOR do Recife

    No dia 28 de abril, o General de Exército Antônio Gabriel Ésper, Comandante de Operações Terrestres, visitou o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Recife (CPOR/R). Transferido para a Reserva Remunerada, a visita significou para o Gen Ésper e para o CPOR um ato informal de despedidas deste antigo comandante do Centro. Na ocasião, pôde reencontrar os militares, servidores civis e antigos alunos que estavam sob seu comando na Unidade, de 1992 a 1994. O Gen possui um histórico de um brilhante comando do CPOR. Anote-se também que foi um dos grandes responsáveis pela reativação do Colégio Militar do Recife (CMR), em 1994, após 6 anos sem funcionamento, trazendo para o interior das instalações do CPOR a sede provisória do CMR e assumindo o comando de ambas as Unidades naquele ano.

    Para acompanhar esta visita estiveram presentes o Gen Bda Manoel Lopes de Lima Neto - Comandante da 10ª Bda Inf Mtz, o Cel Antonio Carlos de Souza - Comandante do CPOR/R, Cel João Wayner da Costa Ribas - Comandante do Colégio Militar do Recife, a Diretoria da Associação de Oficiais da Reseva(R2) do Exército – Recife, antigos comandantes e integrantes do Centro.

    Destacaram-se na programação do evento: o canto da canção do CPOR, o Brado da Unidade (criado pelo Gen), visita às instalações do Curso de Artilharia, apresentação do Simulador de Observação do Tiro de Artilharia criado pelo Cap Noélio Heluy Ferreira-Instrutor do Curso de Artilharia do Centro, e um almoço de confraternização.

    Vale enfatizar o momento do Brado do CPOR do Recife. Foi a última vez na ativa que o Gen Ésper puxou, de viva voz, dispensando o auxílio do microfone, o brado que ele próprio criou em 1992, quando então Cmt do Centro. Conforme depoimento de antigos alunos ali presentes, o hoje General de Exército puxou o brado com a mesma garra, energia e vibração do então Cel Ésper, como se o tempo em nada tivesse alterado a sua paixão declarada em formar líderes-cidadãos do futuro. Missão essa que, conforme seu discurso, foi uma das mais gratificantes da sua carreira militar.
    Brado do CPOR do Recife:
    CPOR, quem somos?

    "Nós somos os Legítimos Herdeiros dos Heróis de Casa Forte.
    Em nosso quartel, aprendemos no hoje,
    A defender a pátria,
    A conduzir homens,
    E a ser a voz civil do Exército, na sociedade do amanhã!"
    [autor: Antônio Gabriel Ésper - 1992]
    Palavras do Gen Ésper
    Palavras do Gen Ésper

    Desfile da Tropa
    Desfile da Tropa

    Sala da Associação dos Oficiais da Reserva do Exército (AORE-Recife)
    Sala da Associação dos Oficiais da Reserva do Exército (AORE-Recife)

    Apresentação do Simulador de Observação de Tiro de Artilharia
    Apresentação do Simulador de Observação de Tiro de Artilharia

    Almoço de confraternização
    Almoço de confraternização
    Para ver todas as fotos da visita, clique aqui

     


    Última atualização (Seg, 23 de Maio de 2011 15:30)

     

    II Exercício no Terreno para Oficiais R2

    É chegada a hora de mais um Exercício no Terreno para os Oficiais da Reserva (R/2), ex-alunos do CPOR do Recife.
    Dias 11 e 12 de maio de 2011 (quarta e quinta-feira), no Campo de Instrução Marechal Newton Cavalcante (CIMNC), paralelamente ao ET C Básico da Turma 2011.
    Um exercício mais elaborado, com Pista de Cordas, Orientação, e desta vez instruções que exigirão mais inteligência, fibra e tenacidade dos participantes, respeitando logicamente as suas faixas etárias.
    Ao retorno, coroaremos o evento com um churrasco de confraternização na tarde do dia 12, na área de lazer do CPOR.

    Venha reviver momentos inesquecíveis de sua formação militar e rememorar seus anos de dedicação ao serviço ativo do Exército Brasileiro!

    Inscrições abertas no dia 16Abr (sábado), às 10:30h, no V Grande Encontro do Ex-alunos.
    Valor da inscrição para o II ET: R$ 80,00 | associado em dia: R$ 60,00.
    Limite máximo de 65 vagas.

    obs importantes:
    1) será exigido parecer cardiológico como condição de participação no evento;
    2) o parecer médico deverá ser entregue na reunião de briefing, que será em 04 de maio de 2011, às 20h, no auditório do CPOR/R.


    Para se inscrever:
    O pagamento da inscrição poderá ser feito mediante depósito bancário, e a inscrição só se concretizará após o cumprimento dos 2 passos abaixo:

    1º) Depósito bancário (ou transferência) do valor da inscrição na conta:
       Associacao dos Ex-alunos do CPOR-Recife
       CNPJ: 35.328.228/0001-90
       Banco Itaú (341)
       Ag: 4861
       C/C: 13602-8
     
    2º) Envio do comprovante de depósito para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. junto com as seguintes informações:
    - o nome completo:
    - RG:
    - nome de guerra:
    - arma/qd/sv:
    - turma:
    - fones:

    *Lembramos que não há reserva de vagas. Sua vaga só está assegurada com o devido pagamento do valor da inscrição.

    * Para filiação à AORE/Recife, favor seguir os procedimentos do link 'Filie-se' em nosso site: http://exalunoscporrecife.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=68&Itemid=71

     

    INSCRIÇÕES ENCERRADAS! 

    ATENÇÃO:
    - REUNIÃO DE BRIEFING DIA 04 MAIO, ÀS 20H, NO AUDITÓRIO DO CPOR/R (para ver os slides do briefing, clique aqui)
    obrigatória a presença de todos os inscritos e interessados.
    - parecer médico cardiológico impreterivelmente até dia 06/05 - entregar ao Maj Vidal ou Maj Ordonho, no CPOR.
    - assinar Termo de Responsabilidade até 06/05 com Maj Vidal ou Maj Ordonho, no CPOR.

     

    ET CIMNC - OF R2 (11 E 12 MAI 2011)
     nome completonome de guerracursoturma
    1Ricardo Sérgio Pio CostaRICARDO PIOInfantaria1966
    2Luciano Faro CassundéCASSUNDÉEngenharia1967
    3Arlindo Vilar RodriguesVILARArtilharia1967
    4Hermes Cavalcante de AraujoHERMESInfantaria1972
    5Carlos Alberto Pinto CarvalhoCARVALHOIntendência1976
    6Dennis Richard MocockDENNISInfantaria1976
    7José Henrique Morais de FreitasFREITASIntendência1976
    8Emanuel Antônio de Almeida PortelaEMANUEL PORTELAMaterial Bélico1978
    9Marcos Antônio da Silveira AlvesMARCOS ANTÔNIOEngenharia1979
    10Otávio de Meira Lins NetoMEIRAMaterial Bélico1982
    11Guilherme Lima CaminhaCAMINHAEngenharia1982
    12Luís Alberto NunesNUNESInfantaria1982
    13Sérgio Viana do ValeVALEEngenharia1983
    14José Soares da CostaSOARESComunicações1983
    15José Afonso Bragança BorgesBRAGANÇAInfantaria1983
    16Joao Cid Freitas de Medeirosa JúniorCIDArtilharia1983
    17Wellington Avelino Minhaque dos Santos JrMINHAQUEIntendência1983
    18Carlos Egmont Melo Teixeira JuniorEGMONTEngenharia1984
    19Celso Simões SilvaSIMÕESIntendência1988
    20Alexandre Scanoni da SilvaSCANONIEngenharia1988
    21Luiz Gustavo Cavalcanti LustosaLUSTOSAInfantaria1990
    22Antonio Marcos Gonçalo de SouzaMARCOSArtilharia1990
    23Ricardo Ferreira DornelasDORNELASComunicações1990
    24Sérgio Ricardo Silva PrazeresRICARDOInfantaria1990
    25Alberto Guerra de LimaGUERRAEngenharia1991
    26Silvio José da Rocha Alves JúniorROCHAEngenharia1992
    27Josenildo Vieira da Silva JúniorJOSENILDOArtilharia1992
    28Jefferson Batista de OliveiraJEFFERSONArtilharia1993
    29Daniel Silva GuerraDANIELArtilharia1993
    30Mauro Santos Fernandes de Oliveira JrSANTOSArtilharia1993
    31Rogério de Souza Vasconcelos JúniorROGÉRIOIntendência1994
    32Renato Vasconcelos CurveloCURVELOComunicações1994
    33Gilberto Roberto de Lima JúniorGILBERTOArtilharia1994
    34Paulo Gustavo Moura de AlbuquerqueMOURAArtilharia1994
    35Gilmar André Farias CostaGILMAREngenharia1994
    36Antônio Rudrigo Bezerra GomesBEZERRAInfantaria1994
    37Aroldo dos Santos LedaAROLDOInfantaria1995
    38Luiz Valério Sá Leitão de Melo JúniorLEITÃOInfantaria1996
    39André Soares Florencio de MirandaMIRANDAEngenharia1997
    40Vinicius Emmanuel dos Anjos LimaVINICIUSMaterial Bélico1999
    41Mozart Guerra FernandesMOZARTArtilharia2003
    42Fábio Regueira Jardelino da CostaJARDELINOArtilharia2009
         
       total de inscritos:42

    Última atualização (Ter, 10 de Maio de 2011 02:24)

     

    O GENERAL DE EXÉRCITO AMÉRICO SALVADOR DE OLIVEIRA E OS OFICIAIS R/2

    Artigo do Presidente do Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil, após Passagem de Comando do CMNE, ocorrida sexta-feira 08 de abril de 2011. 
             Convidado para a passagem de comando no CMNE - Comando Militar do Nordeste - e superando as dificuldades logísticas do deslocamento para Recife, mas, por outro lado, impelido por um incontrolável sentimento de gratidão, entendi que minha presença, como presidente do CNOR, ao lado do Ten Mergulhão, presidente da AORE/RJ, seria uma singela homenagem aos Generais (sucedido e sucessor), bem como um agradecimento aos companheiros da AORE/RECIFE, que tantas atenções e gentilezas têm prestado a este antigo companheiro. Afinal, o General Salvador sempre dispensou uma consideração especial aos Oficiais R/2, em especial ao CNOR e suas filiadas. Ao longo de seu profícuo comando realizei, à convite, palestras motivacionais a alunos, ex-alunos e convidados do CPOR/RECIFE e dos NPOR de Natal, João Pessoa, Maceió e Salvador, sempre honrado com a presença de vários Oficiais Generais do CMNE e até mesmo de seu ilustre comandante.
             Nas muitas oportunidades em que conversamos, percebi nitidamente que se tratava de um militar completo, altamente operacional, inteligente, culto, maduro, equilibrado, patriota, corajoso, determinado e que demonstrava compreender e valorizar nossas atividades, tendo, inclusive, proclamado de público, em vários momentos, o seu reconhecimento pelos serviços prestados pela Oficialidade R/2 ao Exército Brasileiro. Com indisfarçável orgulho, frequentemente o ilustre General lembra a importância do irmão, também Oficial R/2, no contexto de sua formação militar.
            O General Salvador, ao tempo de Comandante Militar do Planalto, apoiou intensamente a realização do 11º ENOREx, em 2009, em Brasília. Já no comando do CMNE foi o chefe e amigo que estabeleceu, de imediato, uma respeitosa e intensa camaradagem com os nossos companheiros da AORE/RECIFE. Por sua iniciativa, proporcionou o retorno dos Oficiais R/2 à vida da caserna, incentivando, enfaticamente, o uso dos trajes (uniformes) criados pelo CNOR.
             Foi para nós extremamente gratificante constatar que no convite oficial para a referida passagem de comando, cujo anfitrião foi o Gen Enzo, lá estava mencionado que o uniforme para os Oficiais da Reserva seria o “correspondente” ao 3º D dos militares da ativa. O sentido da iniciativa do Exército, incorporando os uniformes do CNOR ao cerimonial militar, dispensa quaisquer comentários adicionais.
            Diga-se de passagem que têm aumentado expressivamente as encomendas para os nossos uniformes, de todas as Associações filiadas ao CNOR. Vale, entretanto, destacar que o seu uso, embora sempre desejável, é absolutamente opcional e voluntário, sem qualquer demérito para os companheiros que não o adotarem.
            Recentemente, quando homenageado pelos seus ex-alunos do NPOR do 20º BIB, em Curitiba, de onde há trinta anos fora instrutor-chefe, o General Salvador convidou-me para realizar a palestra comemorativa do evento, o que acabou por fazer surgir uma Associação naquela cidade da 5ª RM, então comandada pelo General Adhemar, outro ilustre militar e grande amigo dos Oficiais R/2, hoje Comandante Militar do Sudeste.
             A passagem de comando no CMNE, do Gen Salvador para o Gen Benzi, foi emocionante e prestigiadíssima. Presentes o Ministro de Defesa, Dr. Nelson Jobim, o Comandante do Exército, Gen Enzo - que presidiu a cerimônia - e todos os Oficiais Generais da área, bem como inúmeras autoridades civis e militares.
            Na cerimônia, novamente o Gen Salvador demonstrou o seu apreço pela Oficialidade R/2. Nos dois momentos em que usou da palavra, destacou a importância da nossa participação em diferentes atividades do seu comando, ressaltando os laços de amizade e camaradagem que nos unem.
            Já o General Enzo, Comandante do Exército, como de hábito, demonstrou muita satisfação ao ser cumprimentado pelo nosso grupamento, elogiando, inclusive, o uso do uniforme pelo Ten R/2 Gildo Tavares, antigo presidente da AORE/RECIFE. O próprio Ministro da Defesa, Dr. Nelson Jobim, ao receber o meu cumprimento, manifestou certa curiosidade pelo nosso uniforme e, diante das minhas informações, proferiu um sonoro “muito bom”.
          O novo Comandante Militar do Nordeste é o Gen Ex Odilson Sampaio Benzi. Em nosso primeiro contato foi extremamente gentil e cordial, deixando antever que a Reserva Atenta e Forte continuará a receber o mesmo apoio e tratamento dispensados pelo Gen Salvador. O CNOR e suas filiadas auguram ao Gen Benzi sucesso nessa nova e importante missão que lhe foi atribuída.
          O Gen Salvador retorna a Brasília para comandar o COTER - Comando de Operações Terrestres - cuja missão é orientar e coordenar o preparo e o emprego da Força Terrestre, em conformidade com as políticas e diretrizes estratégicas do Exército. Trata-se de um importantíssimo comando, cujas responsabilidades e complexidades estão a altura do ilustre General Américo Salvador de Oliveira, a quem sabiamente o Comandante do Exército atribuiu tão relevante missão. Ao General Salvador a nossa respeitosa continência e votos de êxito na jornada que ora se inicia.
    Rio de Janeiro, 08 de abril de 2011
    Sérgio Pinto Monteiro - 2º Ten R/2 Art
    Presidente do CNOR
    “ASSIM ATUA A RESERVA ATENTA E FORTE”

    Veja as fotos da presença dos Oficiais R/2 à Solenidade, clique aqui

     

     


    Última atualização (Dom, 10 de Abril de 2011 13:15)

     
    Mais Artigos...